06 opções para substituir o chocolate

Apesar de muito saboroso, o chocolate ao leite pode ser um alimento bastante prejudicial da maioria das dietas, principalmente por conter altas quantidades de açúcares e gorduras. Mas para que você possa aproveitar um docinho ou sobremesa sem culpa, indicamos aqui 6 opções de substituições para quem quer todo o sabor de um docinho, sem os malefícios do açúcar processado.

1. Chocolate amargo
Pode parecer que não, mas ainda que seja chocolate, a versão amarga possui bem menos gordura e açúcar e muito mais cacau, proporcionando o prazer de um docinho sem tantos malefícios para a saúde.

2. Frutas assadas
Assar frutas como abacaxi e pêssego com um toque de mel ou canela é uma opção perfeita para os dias mais frios que pedem uma sobremesa reconfortante. As frutas contém uma quantidade de açúcares naturais adequada para substituir bem o desejo por chocolate.

3. Mix de nozes
Com um sabor semelhante à pasta de avelã, o mix de nozes é uma boa opção para ter sempre à mão. Você também pode criar uma pasta de avelãs ou amendoim e consumí-la em uma fatia de pão integral para um lanche saboroso e adocicado.

4. Sorvete natural caseiro
Quer uma alternativa mais refrescante para os dias quentes? Os sorvetes naturais de frutas são super fáceis de fazer e acabam com a vontade de uma sobremesa gordurosa!

5. Chicletes sem açúcar
Ainda que não matem 100% a vontade de chocolate, os chicletes ajudam caso você esteja ansioso ou entediado e queira uma opção doce e rápida para mascar.

6. Doces veganos
Caso a vontade de um doce clássico (como um brigadeiro ou torta) seja muito intensa, os doces veganos podem ser uma ótima opção. Seu sabor se mantém bastante similar às versões originais, mas com ingredientes mais saudáveis e com menos gordura.

Para mais dicas, continue acompanhando o blog e siga o Dr. De Carli no Facebook!

Quatro alimentos que ajudam a desinchar.

A sensação de inchaço costuma vir acompanhada de diversos outros desconfortos: calças mais apertadas, estômago pesado, respiração alterada, entre outros. Esses sintomas normalmente costumam ser ocasionados por hábitos ruins de alimentação, como o consumo excessivo de alimentos com sódio (produtos enlatados, embutidos, refeições preparadas com muito sal, etc).

Mas, felizmente, existem algumas formas de driblar o desconforto. Confira abaixo 4 alimentos que facilitam a digestão e aliviam o inchaço.

• Iogurte: Saboroso e prático, o iogurte é uma das escolhas favoritas para um lanchinho da tarde saudável. E ele também é uma ótima opção para aliviar os inchaços. Ricos em probióticos, eles facilitam a digestão e acalmam o estômago.

• Gengibre: O gengibre é um dos alimentos com mais benefícios nessa lista. Bactericida, desintoxicante e com ações termogênicas. Além de deixar qualquer comida mais saborosa, ele irá trazer grandes melhorias para sua saúde.

• Melão: Uma fruta leve, adocicada e saborosa! Além de ser rico em fibras e água, que facilitam a digestão e desincham o estômago.

• Mamão: Mais uma fruta para a lista, o mamão pode ser combinado tanto para o melão, para uma salada de frutas, quanto com o iogurte para um lanche saboroso e leve. Por conter a enzima papaína, facilita o funcionamento do intestino.

Gostou das dicas? Comente aqui qual foi sua favorita e continue acompanhando o blog para mais novidades!

Como evitar os resfriados nesse inverno?

Com a chegada do inverno é comum que fiquemos mais suscetíveis à alergias, gripes e resfriados que surgem com a intensificação do frio e da umidade. Porém, algumas dicas de cuidados simples podem ajudar você e sua família a evitarem os males da temporada mais fria do ano.

Confira abaixo algumas dicas simples para manter a saúde em dia durante o inverno brasileiro:

• Mantenha-se hidratado: um dos pontos mais importantes para manter a saúde o ano inteiro é o consumo diário de pelo menos 1,5l de água. Esse consumo pode variar de acordo com seu peso, por isso, confira sempre a quantidade ideal com seu médico. A água ajuda a melhorar o sistema imunológico e protege seu corpo dos resfriados.

• Tenha uma dieta balanceada: uma alimentação bem equilibrada com frutas, legumes e proteína serve como um escudo de proteção intensa do seu corpo contra o adoecimento. Os nutrientes contidos nesses alimentos ajudam seu corpo a criar forças para se prevenir dos vírus.

• Lave bem as mãos após estar em lugares públicos: O frio intensifica as alergias, que acabam gerando espirros e tosses frequentes. Quando estamos em locais públicos, acabamos tendo muito contato com superfícies contaminadas. Por isso, ao chegar em casa, busque sempre lavar bem as mãos com sabão.

• Mantenha uma rotina de exercícios: a prática de exercícios pode ficar mais complicada com o frio, mas reservar pelo menos 20min do seu dia para alguns exercícios básicos em casa ajudam a manter a forma e a saúde em dia.

Por último, mas não menos importante: se agasalhe! Sabemos que a temperatura pode variar muito durante o dia, mas busque sempre levar um abrigo reserva para evitar passar frio em locais externos.

Desejamos uma ótima temporada de inverno!

Quatro trocas simples para melhorar a alimentação

Adequar sua rotina alimentar para uma versão mais saudável pode ser bem mais fácil do que você imagina. Algumas pequenas mudanças diárias podem colaborar para o emagrecimento, melhor disposição e uma vida mais saudável e na maioria das vezes você não precisará gastar mais do que o que está acostumado, nem deixar de consumir os pratos que gosta.

Quer saber mais sobre isso? Confira abaixo algumas dicas de substituições saudáveis e práticas para a sua alimentação:

• Substituir a manteiga pelo azeite de oliva: Na hora de fritar ou refogar um alimento, você pode optar por utilizar a manteiga. Para uma opção mais leve e saudável, substitua pelo azeite de oliva. Além de contribuir para o controle do colesterol, também possui ação anti-inflamatória e é fonte de antioxidantes. Fora o sabor excelente que vai deixar seus pratos ainda mais saborosos!

• Trocar o refrigerante pela água com gás saborizada: Sabemos que essa troca pode ser mais desafiadora principalmente para quem está acostumado a consumir somente refrigerantes. Mas substituí-lo pela água com gás e limão (ou qualquer fruta cítrica de sua escolha) nas principais refeições pode ajudar (e muito!) na redução de peso.

• Carboidratos refinados por integrais: Normalmente, os pães e outros carboidratos refinados possuem ingredientes com alto índice glicêmico. Que tal substituir o pão branco por uma versão integral com grãos? Além de possuir maior quantidade de fibras, também é uma opção muito mais saborosa com uma textura incrível!

• Açúcar refinado por açúcar mascavo: Você não precisa cortar totalmente os docinhos da sua alimentação. Mas pequenas substituições de ingredientes, como o açúcar refinado pelo mascavo, podem ajudar a diminuir as calorias.

Gostou das dicas? Comente aqui uma substituição que já faz parte da sua dieta.

As vantagens da videocirurgia

A videocirurgia, também conhecida como videolaparoscopia, vêm chamando a atenção de cada vez mais profissionais e pacientes que buscam métodos menos invasivos e mais confortáveis para a realização da cirurgia bariátrica.

O procedimento é realizado com pequenas incisões na região abdominal. Em uma delas, é inserida uma pequena câmera que guia a equipe no restante da cirurgia.

Procedimento mais rápido: Por se tratar de um método menos invasivo e que fornece melhor visão e precisão aos médicos, a videolaparoscopia também é mais rápida e dinâmica.

Menor tempo de internação: O paciente costuma permanecer menos tempo no hospital após a cirurgia, podendo retornar para casa mais cedo.

Pós-operatório facilitado: A videocirurgia também proporciona um pós-operatório mais sereno e menos doloroso para o paciente.

Menos uso de analgésicos: Com um pós-operatório mais tranquilo, é possível reduzir o número de analgésicos e evitar doses muito altas para a recuperação mais efetiva.

Menos riscos: Por conta do menor número de feridas deixadas após a cirurgia, a cicatrização dos tecidos ocorre mais rapidamente, colaborando também para o risco menor de infecções.

Quer saber mais sobre esse tipo de procedimento? Marque a sua consulta! O Dr. De Carli esteve como vice-presidente e, depois, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Videolaparoscópica entre 2005 e 2008, sempre representando e incentivando a evolução de https://www.paperwritings.com/ procedimentos inovadores e modernos no Brasil.

Coronavírus e Cirurgia Bariátrica

Alguns pacientes me perguntam se as pessoas que realizaram a cirurgia bariátrica estão no grupo de risco da COVID-19, a resposta é não.

O Dr. Marcos Leão Vila Bôas, Presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, explica que os pacientes que passaram pela cirurgia e tiveram uma perda de peso significativa não são considerados grupo de risco.

 

Recentemente, o Reino Unido atualizou as orientações gerais sobre a pandemia do novo Coronavírus e incluiu pessoas obesas com Índice de Massa Corporal (IMC) de 40kg/m² na lista de risco da COVID-19.

De fato, a obesidade é uma doença crônica e está relacionada diretamente com outros fatores de risco como a hipertensão, diabetes, problemas respiratórios e cardiovasculares.

Os pacientes submetidos a cirurgia bariátrica e metabólica, que perderam peso, melhoraram sua saúde e mantém acompanhamento, não estão no grupo de risco do novo Coronavírus.

Estou disponível para qualquer informação e esclarecimentos de dúvidas pelo meu celular ou WhatsApp, 51 999828460. Minha secretária Janaína, continua atendendo pelo telefone 51 3228 8304 (no “siga-me”, em casa).

Vamos nos unir neste momento, permanecendo em casa e tomando as devidas https://masterra.com/ precauções.

Frutas do Verão

blog_1401

Você aí curtindo uma praia e a série de dicas sobre alimentação continuam aqui no blog do Dr. De Carli. Dessa vez, resolvemos trazer pra vocês uma lista de frutas que são mais indicadas para a estação.

As frutas trazem a hidratação e a nutrição que precisamos para aguentar esse calor, então confere a lista das frutas da estação mais quente do ano:

  • Abacaxi: Vitamina C. Valor Nutricional: 1 fatia média = 75g = 37 kcal = 7g de CHO;
  • Cajú: Vitamina C. Valor Nutricional: 1 unidade média = 120g = 55 Kcal = 14g de CHO;
  • Melancia: Vitamina C e vitaminas do complexo B. Valor Nutricional: 1 fatia média = 200g = 50 Kcal = 12g de CHO;
  • Melão: Vitaminas C, A e vitaminas do complexo B. Valor Nutricional: 1 fatia grande = 115g = 37 Kcal = 8 g de CHO;
  • Pêra: Vitaminas B1 e B2. Valor Nutricional: 1 unidade média = 100g = 59 Kcal = 15g de CHO;
  • Pêssego: Vitaminas C, A e vitaminas do complexo B. Valor Nutricional: 1 unidade média = 60g = 21 Kcal = 6 g de CHO;
  • Uva: Vitamina C e vitaminas do complexo B. Valor Nutricional: Média – 10 gomos médicos= 80g = 57 Kcal = 14g de CHO.

Você pode consumí-las durante o dia, entre as refeições, em formato de suco ou até mesmo uma salada de frutas. Mas é importante ressaltar que todo o consumo excessivo pode haver consequências, para não ter dúvidas sobre a melhor dieta para o seu organismo, procure um nutricionista.

Sentiu falta de alguma fruta na lista? Deixe writemypapers.org nos comentários!

 

 

Projeto Verão Sem Danos

blog_1612

Está chegando a temporada de praia e a maioria das pessoas está na correria para concluir o famoso “Projeto Verão” de todo o ano.

Bem, a prática que já é praticamente lei entre o pessoal que vai entrar de férias pode ser destrutiva se for feita da maneira errada. Pensando nisso, separamos algumas dicas para que o seu Projeto Verão seja sem danos ao seu corpo.

  • Procure acompanhamento profissional;

Um profissional vai fazer a diferença se você quiser fazer uma mudança mais drástica no seu shape, principalmente se você decidir partir para uma dieta. 

  • Se mexa;

Exercícios físicos são fundamentais para quem quer transformar a saúde e se sentir com mais disposição para o dia a dia.

  • Não exagere;

Cada um tem seu ciclo de adaptação e o corpo pode não aguentar uma mudança brusca na rotina. Tome o seu tempo e evolua gradativamente, tanto nos exercícios, quanto na alimentação.

  • Cuide da sua alimentação;

A alimentação é parte chave no processo. 

Aqui no blog temos um post com algumas dicas para quem quiser saber mais, confira no link: http://luizdecarli.com.br/blog/2019/11/10/

  • Aproveite!

Não entre na “paranóia” de ter o corpo perfeito com base no que você vê na TV ou nas redes sociais. Se sinta bem consigo mesmo e se lembre que o verão volta todo ano para quem quer melhorar sua saúde.

3 Dicas de Alimentação Saudável no Verão

blog_1011

As altas temperaturas do verão provocam uma perda considerável de água e sais minerais que são essenciais ao corpo. Tanto para quem quer se sentir bem com o clima quente, quanto para quem quer melhorar o condicionamento físico durante a estação, separamos algumas dicas valiosas sobre alimentação.

  • Mantenha uma dieta leve: procure consumir alimentos ricos em água como frutas e verduras.
  • Evite alimentos gordurosos e excesso de sal: alimentos gordurosos dificultam a digestão e o excesso de sal pode causar a retenção de líquidos
  • Hidrate-se: não espere sentir sede para tomar água. Lembre-se de ingerir em média 2 litros de água por dia e evite refrigerantes e sucos industrializados, optando por sucos naturais.

Nada melhor do que passar o verão curtindo o clima de melhor forma e com a saúde em dia!

 

Alergias na Primavera

blog_1710

Conhecida como “estação das flores”, a primavera, que começou no dia 23 de setembro, é curiosamente ligada ao aparecimento de diversas reações alérgicas em algumas pessoas. Mas porque isso acontece? É o que vamos explicar.

Além do fator da polinização e reprodução das flores nessa época do ano, as mudanças de temperaturas características da estação contribuem para que as crises de rinite, bronquite, sinusite e asma tenham evidência. Como percebido, o sistema respiratório é o principal afetado.

Sendo potencializador dos sintomas das alergias, o aumento da quantidade de fungos e ácaros pode debilitar ainda mais as pessoas que já são alérgicas. Então, fique de olho nos principais sintomas dessas alergias e procure tratamento:

  • Corrimento e constipação nasal;
  • Tosses e espirros;
  • Olhos avermelhados e lacrimejo;
  • Dificuldade para respirar.

Caso você apresente alguns desses sintomas ou desconfortos, procure seu médico de confiança e se prepare para as próximas primaveras.